Juntos,
acelerando o
desenvolvimento
do Ceará

Manifesto - Macrorregião Sertão de Sobral

Ao Excelentíssimo Senhor Evandro Sá Barreto Leitão, Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

 

Senhor Presidente,

 

O Sertão de Sobral recebeu, nos dias 31 de janeiro, 1 e 2 de fevereiro de 2022 e 5 de maio de 2022, o Encontro Regional do Move Ceará. Fruto da parceria entre a Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos, e a Trends CE, o Move Ceará buscou identificar as ações prioritárias para acelerar o desenvolvimento econômico dos 18 municípios da macrorregião, especificamente nos setores de Agronegócio, Agricultura Familiar, Turismo, Energias Renováveis, Economia da Moda e Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs).

 

Participaram do encontro presencial no dia 5 de maio, no auditório do SESI/SENAI de Sobral, e em encontro remoto nos dias 31 de janeiro, 1 e 2 de fevereiro de 2022, diversas representações do setor produtivo local e representantes de entidades de classe da macrorregião.

 

Com base nas realidades apresentadas pelos participantes, nas considerações, na troca de informações e experiências, no diálogo e nas conclusões preliminares realizadas no encontro, o público ouvido considera que algumas ações são prioritárias conforme descritas abaixo:

 

 

AGRONEGÓCIO E AGRICULTURA FAMILIAR

  1. Organizar o escoamento dos produtos da agricultura familiar;
  2. Educação empreendedora;
  3. Qualificação profissional;
  4. Parceria com empresas para o primeiro emprego;
  5. Espaço para mostrar os produtos;
  6. Aproximar as faculdades em questão de inovação aos órgãos públicos;
  7. Fortalecer a avicultura, ovinocaprinocultura;
  8. Fortalecer o cultivo da pimenta;
  9. Melhoria das estradas;
  10. Criar uma rota alternativa litoral/serra;
  11. Revitalização da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce);
  12. Tornar Paulo Freire uma política pública;
  13. Infraestrutura para distribuição de água;
  14. Fiscalização dos 18 tratores disponibilizados pela empresa São José pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA);
  15. Cisterna de primeira e segunda água;
  16. Segurança no ambiente rural;
  17. Sucessão na agricultura;
  18. Agente rural jovem;
  19. Cisternas;
  20. Fogões ecológicos;
  21. Biodigestores;
  22. Escola família agrícola;
  23. Contextualizar as escolas;
  24. Fortalecer a Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri);
 
 

TURISMO

 

  1. Rota das emoções;
  2. Rota de Sobral integrada com Serra da Meruoca;
  3. Festival gastronômico;

 

ECONOMIA DA MODA

 

  1. Criação de locais para divulgação dos produtos;
  2. Capacitação/ Formação na área de Marketing;
  3. Necessidade de qualificação de mão de obra;
  4. Criar formações na área da moda, formações de curto duração;
  5. Equipamentos;
  6. Investimento em tecnologia;
  7. Incentivos Fiscais;
  8. Apoio para comunicação entre grandes fornecedores de matéria prima e equipamentos;
  1. Criação de feiras;
  2. Necessidade de diminuir as taxas de energia pública;
  3. Criar um subsídio para energia;
  4. Maior incentivo para a adesão da energia solar;
  5. Diminuir os encargos tributários;
  6. Diminuir os valores de energia da ENEL;
  7. Fortalecimento do Fórum de moda em Cisalegre;
  8. Incentivar a visão de associação e cooperativismo;
  9. Retorno do programa Forte;
  10. Orçamento para complementações;
  11. Fazer o link para parcerias com instituições educacionais;
  12. Criação e fortalecimento de fóruns empresariais;
  13. Capacitação na área de cooperação;
  14. Solicitar junto a Federação das Indústrias do Estado do Ceará, a bolsa de resíduos do polo;
  15. Projeto tributário;
  16. Mapear a cadeia de moda da região;
  17. Auxílio a programas de cortes e de resíduos;
  18. Criar programa entre a Tecnologia da Informação e a Moda;
  19. Criar cursos no Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IFCE)
  20. Otimização dos cortes e serviços;
 

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TICs)

  1. Incentivos fiscais;
  2. Criação de startups;
  3. Fazer a comunicação entre empresas de Tecnologia da Informação e Educação;
  4. Abrir mais turmas, fomentar outras formações;
  5. Parceria com empresas para cursos setoriais de Tecnologia da Informação;
  6. Formações curtas para Tecnologia da Informação;
  7. Fazer o mapeamento das empresas de TIC na região;
  8. Criar projetos para Tecnologia da Informação;
  9. Fazer o levantamento das empresas correlacionadas com Tecnologia da Informação;
  10. Criar um fórum para Tecnologia da Informação;
  11. Entrar ativamente com o Cluster de Inovação;
 

Diante do exposto e convictos de que os ilustres membros desta Casa Legislativa haverão de conferir o necessário apoio às demandas apresentadas, os membros signatários deste manifesto solicitam à Vossa Excelência emprestar sua valiosa colaboração para a celeridade nos seus encaminhamentos, tendo em vista a importância da matéria e da necessidade de apontar soluções a curto prazo. Os organizadores, instituições e associações participantes aprovam e subscrevem este documento, em 10 de maio de 2022 na cidade de Fortaleza, Ceará.