[TrendsCE] Setores de Turismo, Comércio e Agronegócio participam de encontro do Move Ceará em Canindé

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O município de Canindé, localizado na macrorregião Sertão de Canindé, recebeu o sétimo encontro regional do Move Ceará na última quinta-feira, 31. O auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Canindé foi sede do evento, que reuniu representações do Turismo, do Comércio e do Agronegócio e da Agricultura de diferentes municípios da macrorregião. Na ocasião, cada setor apresentou demandas e necessidades prioritárias para o desenvolvimento de curto e médio prazo da economia local.

Luiza Martins, secretária do Conselho de Altos Estudos da Assembleia Legislativa do Ceará, explicou o ineditismo do projeto Move CE. “É a primeira vez que a Assembleia Legislativa vai até cada macrorregião ouvir as demandas específicas de cada setor. A gente elabora esses estudos para identificar o que os deputados precisam para conhecer melhor as necessidades de todas as regiões do Ceará, para cooperar com a atividade legislativa. E essas demandas aqui são muito importantes porque são elas que vão compor o próximo plurianual, do próximo governo”, explicou.

A prefeita de Canindé, Rozário Ximenes, destacou algumas das principais demandas para a retomada da economia no período pós-pandêmico. “A gente precisa de um apoio muito grande, precisa unir mais forças com as entidades de classe para que a gente possa buscar junto ao comércio, à indústria, à rede hoteleira, à universidade, esse desenvolvimento. Buscar, além do comércio, olhar para o pequeno agricultor, o pequeno artista, o pintor, o microempresário”, elencou.

“Precisamos criar estratégias para que esse turista chegue, se encante com a cidade, fique um dia ou dois e venha disposto a gastar no comércio local”, destacou Antônio Pereira, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Sertão de Canindé. “Sabendo que temos seis meses de baixa estação, entre fevereiro e agosto, a gente poderia trabalhar no turismo de aventura, no turismo de eventos, no turismo que não é religioso”, ressaltou Jessé Maciel, presidente da Federação de Motociclismo do Estado do Ceará, que há mais de 10 anos realiza campeonatos do esporte nos municípios da macrorregião.

Além de ações na área do Turismo e Comércio, estratégias de comercialização da agricultura familiar também foram debatidas durante o encontro. “A gente precisa muito que o trabalho do agricultor familiar seja expandido e seja visto. Precisamos que cada produtor tenha pra quem vender seus produtos, de maneira a fomentar a economia local, pra que não seja algo só de subsistência. A gente pode se expandir muito mais nesse sentido”, pontuou Karlinda Vasconcelos, presidente da Câmara dos Vereadores do município de Canindé.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Canindé, Antônio Wellington Uchoa, também enfatizou a necessidade de inovação no setor: “É importante para que se tenha um incentivo tecnológico na produção, um acompanhamento dos produtores. Tendo em vista a comercialização, é preciso não só uma mão de obra braçal, mas principalmente recursos tecnológicos que ajudem o produtor a ir além da subsistência”, concluiu.

Após percorrer sete das 14 macrorregiões de planejamento do Estado, o Move Ceará continua sua rota e chega ao Sertão Central na próxima quinta, 7 de abril, para encontro com o setor produtivo da região em encontro que será realizado em Quixeramobim. Os municípios de Iguatu (Centro Sul), Itapipoca (Litoral Oeste/Vale do Curu), Tianguá (Serra da Ibiapaba), Crateús (Sertão de Crateús), Tauá (Sertão dos Inhamuns) e Limoeiro do Norte (Vale do Jaguaribe) também receberão encontros do projeto nas próximas semanas.

Fonte: https://www.trendsce.com.br/2022/04/04/setores-de-turismo-comercio-e-agronegocio-participam-de-encontro-do-move-ceara-em-caninde/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.