Em Itapipoca, Move Ceará reúne lideranças do setor produtivo do Litoral Oeste/Vale do Curu

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O município de Itapipoca, a cerca 130 km de Fortaleza, recebeu mais uma etapa do Move Ceará pelas macrorregiões do Estado na manhã desta terça, 3. O projeto da Assembleia Legislativa do Ceará e da TrendsCE promoveu encontro com setor produtivo do Agronegócio e Agricultura Familiar, Turismo e Economia do Mar da macrorregião Litoral Oeste/Vale do Curu, formada por 12 municípios. A necessidade de capacitação profissional para o segmento turístico foi uma das principais demandas levantadas durante o encontro, que aconteceu na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Itapipoca.

“Nós estamos percorrendo as macrorregiões cearenses, dialogando com os principais setores econômicos do nosso Estado e colhendo as suas demandas, em uma escuta ativa dos principais agentes e atores do Ceará”, explicou a coordenadora do Move Ceará, Mariana Chaves, na abertura do evento. O projeto, ainda de acordo com Mariana, é atuar como catalizador de ideias, sendo capaz de mobilizar ações que possam impactar positivamente a economia cearense.

“Nós temos um grande potencial turístico no município de Amontada, que é a praia de Icaraí de Amontada. Lá, a segunda língua mais falada é o francês, temos muitos empreendimentos espanhóis chegando, e o que estamos fazendo para receber essa mão de obra? Acredito que, focando nas nossas belezas sustentáveis, em um cenário econômico consolidado a longo prazo, podemos explorar muitas oportunidades de renda. E, para isso, nós precisamos fortalecer a cultura da capacitação e do conhecimento”, frisou Roberto Cariri, secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Amontada.

“Nós temos que abrir janelas pra que a gente consiga crescer esse canal de comunicação com o governo, e os incentivos fiscais podem trazer muito mais empregos para o nosso município”, declarou Ellison Madeira, Secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo da Prefeitura Municipal de Itapipoca.

Hadassa Matos, secretária adjunta de Turismo do município de Itapipoca, descreveu a importância do Move Ceará como forma de união dos setores produtivos das diversas regiões cearenses na perspectiva de desenvolver melhorias. “Unir os municípios para dialogar, para levantar as suas potencialidades e ver caminhos de transformar isso em produtos, em economia, fortalece toda a cadeia produtiva do Estado, principalmente quando essas experiências são compartilhadas”, pontuou.

A Secretária adiantou, ainda, que o município está investindo na construção de uma rota turística: a “rota dos três climas”: “Estamos construindo em Itapipoca um roteiro turístico contemplando 50 pontos turísticos de relevância na região, e estamos precisando capacitar a população para trabalhar nesse projeto. A carência de mão de obra específica e a carência de investimentos no setor turístico são os fatores que mais freiam o nosso crescimento dentro do turismo”, declarou.

O secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente do município de Itapajé, José Airton Etelvino Silva, também esteve presente no evento e pontuou a carência de assistência técnica rural como um dos maiores gargalos para o desenvolvimento da agricultura da região. “Não existe agricultura sem assistência técnica. Para o desenvolvimento da agricultura familiar, se faz muito necessária uma assistência técnica qualificada e continuada”, afirmou o secretário.

O projeto Move Ceará

Na reta final da etapa de visitação estratégica nas macrorregiões do Estado, o Move Ceará já passou por Fortaleza, Crato, Camocim, Aracati, Baturité, Canindé, Quixeramobim, Crateús e Tauá. Nas próximas semanas, o Move CE visitará outras quatro macrorregiões: Serra da Ibiapaba (Guaraciaba do Norte), Sertão de Sobral (Sobral), Vale do Jaguaribe (Limoeiro do Norte) e Centro-Sul (Iguatu).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.