O Turismo que move o Cariri

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Cerca de 2,5 milhões de pessoas visitam a macrorregião do Cariri anualmente, grande parte proveniente do turismo religioso. O potencial turístico da região é também especialmente impulsionado pela cultura local, que se destaca nacionalmente por suas manifestações populares, bem como pelos seus bens arqueológicos e paleontológicos. A vocação turística da macrorregião é um dos setores priorizados no diálogo com o setor produtivo do segundo encontro regional do Move Ceará, marcado para acontecer no próximo dia 11 de janeiro, no município do Crato

A macrorregião formada por 29 municípios se destaca no turismo cultural, ecológico, de aventura e religioso. Juazeiro do Norte, por exemplo, apareceu em nono lugar entre os destinos preferidos pelos turistas que chegam ao Ceará em 2019, de acordo com dados da Secretaria de Turismo do Estado. Só em 2019 passaram pelo Aeroporto Regional de Juazeiro mais de 500 mil pessoas. A cidade recebeu mais de 93 mil turistas ao longo do ano, com uma permanência média de 7 dias. 

O município do Crato também reúne várias potencialidades na área, como o turismo de eventos, aventura, pedagógico, religioso e ecológico. O município vizinho de Juazeiro do Norte também aparece entre os destinos preferidos para quem viaja para participar de eventos de negócios. Santana do Cariri, por sua vez, é um dos destinos mais procurados para a prática do turismo arqueológico.

Dados da Secretaria ainda apontam que, entre 2010 e 2019, a oferta hoteleira em toda a região do Cariri/Araripe cresceu em 102,8% em relação ao número de leitos. O dado evidencia, ainda, que a força da religiosidade transformou o Cariri e principalmente Juazeiro do Norte, que se transformou em uma das cidades mais importantes da macrorregião. 

Para potencializar a vocação turística e a pluralidade cultural do local, a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), está implantando um teleférico que vai ligar diretamente a cidade à Colina do Horto, onde está localizada a estátua de Padre Cícero. A obra, que é desenvolvida pela Superintendência de Obras Públicas (SOP), está com cerca de 90% de execução e teve mais R$ 75 milhões em investimento.

Também com o objetivo de incentivar e desenvolver a prática do turismo na região do Cariri, a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado (Secult) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançaram em 2020 a Rota Cariri. A rota integra os principais pontos turísticos de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Assaré, Nova Olinda e Santana do Cariri para o desenvolvimento de um turismo cultural e sustentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.